News
Exercício Previne Progresso De Gordura Mais Nociva Pós-lipoaspiração - fails Exercício Previne Progresso De Gordura Mais Nociva Pós-lipoaspiração

fails — Exercício Previne Progresso De Gordura Mais Nociva Pós-lipoaspiração

Exercício Previne Desenvolvimento De Gordura Mais Nociva Pós-lipoaspiração


A lipoaspiração tende a iniciar um aparelho de reposição de gordura no corpo humano. Não no mesmo local de onde o tecido adiposo foi retirado, no entanto entre os órgãos. A gordura subcutânea retirada, desse modo, apresenta lugar à gordura visceral, que é o tipo mais danoso à saúde. A pesquisadora Fabiana Braga Benatti, da Faculdade de Educação Física e Esporte da USP, descobriu que a adoção de uma rotina de exercícios físicos depois da operação é apto de prevenir esse dispositivo compensatório.


Participaram do estudo 36 mulheres sedentárias de vinte a trinta e cinco anos que se submeteram à lipoaspiração abdominal. Dois meses depois da operação, as voluntárias se dividiram em dois grupos: metade passou a fazer exercícios 3 vezes por semana e a outra metade permaneceu sedentária. O programa de exercícios adotado pelas membros do estudo — que consistia de alongamento, exercícios aeróbicos e de potência, com duração que variava de 60 a noventa minutos — foi seguido durante 16 semanas.


Observamos que, seis meses depois da cirurgia, as mulheres que não treinaram não tiveram um regresso daquela gordura que foi retirada, que é a subcutânea. Contudo, tiveram um crescimento compensatório de gordura visceral, o que não aconteceu com as mulheres que treinaram”. Segundo o estudo, esse progresso compensatório é provocado na queda do gasto energético total das pacientes sedentárias e não pelo acrescentamento do consumo alimentar. A quantidade de gordura subcutânea e visceral antes e depois da lipoaspiração foi medida por exames de tomografia computadorizada efetuados no Hospital nove de Julho, com quem os pesquisadores firmaram parceria.


A gordura visceral é a responsável pelo aumentar os riscos de doenças cardiovasculares e assim como está associada com o surgimento do diabetes. Fabiana explica que este processo de recuperação tende a ocorrer por causa de a gordura não é inerte. No momento em que se retira uma extenso quantidade de gordura de repente, ela tende a se recuperar. O organismo disputa contra essa perda”. Seu grupo de pesquisa prontamente havia constatado este mesmo procedimento em ratos.



Trombose Da Artéria - O Que é, Sintomas E Tratamentos

O cirurgião plástico Dr. José Horácio Aboudib, presidente da Nação Brasileira de Operação Plástica (SBCP), explica que o método de recuperação da gordura após a lipo só ocorre se o paciente acrescentar de peso. Como as células adiposas foram retiradas do tecido adiposo subcutâneo, há uma tendência, se houver acrescento de peso, de ampliar a gordura visceral. Se a paciente mantiver o peso, fica como estava depois da cirurgia”.


Ele declara que, além da prática de exercícios físicos, outro fator que colabora pra melhores resultados da lipoaspiração é o paciente estar próximo de seu peso exato antes do procedimento. A lipoaspiração melhor tem o propósito de retirar gordura localizada e não de emagrecer”. Desta maneira, a operação não tem que ser recomendada para obesos ou para pessoas que não estão em boas condições de saúde. Após a operação, se o paciente continuar comendo direito e aderir a um programa enérgico de educação física, ele só tem privilégios e não é observada essa compensação”.


Landecker observa que, pela prática de exercícios pós-lipoaspiração, a musculação é muito primordial porque promove o acréscimo do gasto de calorias. Quanto mais massa muscular no organismo, mais calorias você gasta.” O fortalecimento dos músculos assim como é relevante para manter a pele mais firme. A pele tem ligações com a musculatura. Quanto mais robusto, mais a pele será puxada pelo músculo”.


Os exercícios aeróbicos assim como são interessantes pra a perda de peso e pra alavancar a saúde. A prática começa a ser liberada depois de 15 dias da cirurgia, contudo apenas pra exercícios mais leves. Práticas mais intensas são capazes de ser feitas, perante autorização médica, depois de um mês. Para Fabiana, a mensagem principal do estudo é que os candidatos à lipoaspiração devem ter a consciência de que a gordura poderá voltar depois da cirurgia, caso as recomendações médicas não sejam seguidas adequadamente. E se, mesmo deste jeito, optarem por se submeter à cirurgia, que entendam a gigantesco importancia de fazer exercícios depois do procedimento”. A lipoaspiração foi a operação plástica mais praticada em 2011, de acordo com levantamento feito na População Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) em conjunto com a SBCP.


Em 2011, 211.208 lipoaspirações foram realizadas no Brasil. No mesmo ano, foram 148.962 cirurgias de prótese de silicone nas mamas, que havia sido a mais realizada em 2007, ano do último levantamento. O mesmo estudo indica que o número de cirurgias plásticas passou de 629.287, em 2008, pra 905.124, em 2011, acrescento de quarenta e três,8%. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.


Fiquei muito mal. Juntando o histórico anterior das dores, foi o bastante pra eu resolver que a comida não roubaria mais a minha saúde”, conta. Decidida, porém com poucos recursos financeiros pela data, em razão de estava desempregada e prestando concursos, Drika começou uma reeducação alimentar, reduzindo as porções da comida e trocando o arroz, pão e macarrão por suas versões integrais.


Além disso, aumentei a ingestão de água e optei por eliminar o açúcar para uma vez pela semana”, diz ela, que começou a fazer dez minutos de caminhada na via e, com o tempo, foi aumentando o tempo. A engenheira conta que, durante o processo de redução de calorias, houve períodos em que engordou. No momento em que fui aprovada e convocada pelo concurso, mudei de cidade duas vezes e isto me acarretou um ganho de 5 quilos, todavia me mantive pela dieta e quando a existência estabilizou, emagreci ainda mais”. Hoje o propósito é outro: ganhar mais massa, definir e aperfeiçoar o repercussão em geral.


Arroz, feijão e frutas são os prediletos de Drika. Como de tudo um tanto, sou fã da comida de verdade. Os carboidratos, proteínas e gorduras devem estar sempre em equilíbrio”, continua ela, que, agora, cursa Nutrição e virou life coach para acudir pessoas obesas a aperfeiçoar a saúde através do emagrecimento. A futura nutricionista conta que abandonou todos os alimentos que não têm valor nutricional. Cortei refrigerantes, suco industrializados, bebidas alcoólicas - bebo uma taça de vinho dificilmente - e fast food. É uma opção minha, no entanto prefiro fazer meu hambúrguer em moradia, sabendo bem o tipo de carne e os temperos que estou colocando”.


© fails 18 Jun 2018 07:07 pm